Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Sexta-feira, 02.05.14

UNIÃO DE REPÚBLICAS SOCIALISTAS EUROPEIAS (distribuídas 1000 folhas, 400 na manifestação da CIG e 600 na de CCOO-UGT-USTG, às 11h30-12h30 do 1º de maio de 2014 em Ferrol)


 
Estamos assistindo ao nascimento da União de Repúblicas Socialistas Europeias? Com certeza. A nosso ver, o que está a acontecer na Ucrânia indicia o rumo que se segue e o rumo a seguir. Uma jornalista escreve do «saudosismo» de Lenine e Estaline entre as populações INSURRECTAS do leste da Ucrânia, nós pensamos muito mais próprio, a querença do proletariado e do povo ucraniano da Revolução proletária, campesina, de soldad@s e marinheir@s que organizada em Sovietes lhe deram o nome de Soviética; a querença da Revolução Soviética de 7-17 de Novembro de 1917 que iniciou o Socialismo no mundo, criou a União de Repúblicas Socialistas Soviéticas, que teriam sido União de Repúblicas Socialistas Europeias se na Alemanha tivesse triunfado a Revolução que Lenine previa.

Não foi assim e a URSS continuou caminho sem Lenine, após derrotar a agressão imperialista, a desenvolver o Socialismo nas Repúblicas que a integravam UNIDAS. Socialismo que, mais uma vez, o capitalismo financeiro mundial, alimentando as feras nazistas, tentou erradicar iniciando a II Guerra Mundial sem o conseguir. Conseguiu muita coisa, conseguiu que o Socialismo alastrasse pelos cinco continentes, na China, na Coreia, no Viet Nam, em Cuba, no Egito, na Argélia, em Angola, em Moçambique, no Timor Leste; conseguiu a denominada DESCOLONIZAÇÃO, o Movimento dos Países Não Alinhados e na Europa, conseguiu o Socialismo na República Democrática Alemã, na Albânia, na Bulgária, na Checoslováquia, na Hungria, na Polónia, na Roménia, na Jugoslávia, conseguiu o COMECON, o Pacto de Varsóvia.

Conseguiu muita coisa o capitalismo financeiro mundial encabeçado pelos EUA, conseguiu bombas atómicas, a corrida armamentista, a corrida espacial e por fim a derrocada da URSS, a desaparição do COMECON e do Pacto de Varsóvia, a ONU ao serviço dos seus interesses, a hegemonia mundial da NATO e sobretudo conseguiu que a PATRANHA da Nova Ordem Mundial da ETERNIDADE DO CAPITALISMO e a INVIABILIDADE DO SOCIALISMO fosse interiorizada pela Humanidade, FADADA a ser um PROTETORADO de «quatro milionários ianques» que uma sua anónima VÍTIMA de por aqui não qualificou de «filhos-de-algo».

O saudoso Socialismo, emprego, alimentação, vivenda, ALFABETIZAÇÃO, educação, saúde, etc. é o que o proletariado, as classes trabalhadoras e o povo da que fora República Democrática Alemã, os depauperados «ost» e o opulento proletariado do ocidente alemão e não apenas, estão querer, a reivindicar; a mesma saudade sente o proletariado da Polónia, da República Checa, da Eslováquia, da Hungria, da Bulgária, da Roménia, da Ucrânia central e ocidental, da Albânia, da Lituânia, da Letónia, da Estónia... mesmo haverá pessoas exageradas que como nós pensem e digam «vale mais o pior dos Socialismos do que o melhor dos capitalismos», pelo menos comíamos... isso que em Cuba, no período especial...

ENCARAPUÇADO, condenado por Tojo, presidente da Confederação Europeia dos Sindicatos, o proletariado armado e INSURRECTO das proclamadas Repúblicas Populares de Kharkov, Donetsk, Luganks, Odessa, tem de ser o referente do proletariado das Repúblicas que foram Socialistas na URSS e fora da URSS, no COMECON, no Pacto de Varsóvia, na Jugoslávia e do proletariado das CORRUPTAS E GUERRISTAS monarquias e repúblicas a integrarem a União Europeia de CAPITALISTAS, quer dizer, para o proletariado europeu e para o proletariado mundial, para conquistarmos o Socialismo na Europa na União de Repúblicas Socialistas Europeias e no mundo na União de Repúblicas Socialistas Mundiais. Eis o «saudosismo» dum tipo baixo e careca que dedicou trinta e quatro anos da sua vida de cinquenta e quatro ao PROLETARIADO como classe para alcançarmos a «Terra-Prometida»: O SOCIALISMO MUNDIAL, um tipo chamado Lenine que via o mundo emprenhado de Revolução, como nós o vemos, que tudo o tempo se chamava a Marx porque este chamava aos «Proletários de todos os países» e lhes dizia: UNI-VOS! E nós lhes dizemos a todas as pessoas do BNG e de AGE que este passado domingo se reuniram em Compostela em CONFRONTADOS atos eleitorais pelo VOTO, UNI-VOS! Com o mesmo entusiasmo, fervor e combatividade contra a polícia que defende o fascismo que aninha no PP para o despejar do Parlamento, do Concelho de Compostela, de Ferrol, da Deputação de Ourense e de todo quanto «ninho» de poder utilizam para ESPOLIAR o proletariado, as classes trabalhadoras galegas, tudo, para como no leste da Ucrânia, TOMAR O PODER o proletariado INSURRECTO armado, proclamar a República Popular da Galiza, fazer um referendo e UNIR à Galiza com Portugal, não a meio da PATRANHA do voto ao Parlamento europeu mas a meio da INSURREIÇÃO.

Em Ferrol, Dia do Internacionalismo Proletário, quinta-feira, 1º de Maio de 2014

COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 18:44



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031