Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Segunda-feira, 28.04.14

UMA OUTRA REVOLUÇÃO DOS CRAVOS (distribuídas 400 folhas às 5h30-7h00 da sexta-feira, 25 de abril de 2014 na porta da Bazan rua Taxonera)


 

Um outro 25 de Abril precisa o proletariado, as classes trabalhadoras e o povo português, frisam muitas pessoas em Portugal sem que o PCP, o BE e outros proclamem a necessidade de exercerem o direito de INSURREIÇÃO contra todas as formas de opressão do governo de Passos Coelho e a troica. Apelar para INSURREIÇÃO é o que cumpre. Um Plano Insurrecional é imprescindível. Eis o que fazer.

Apelar para o direito de Resistência ou proclamar que não há condições para um outro 25 de Abril, como faz Vasco Lourenço da A25A, é ajudar a manter e aprofundar o PROTETORADO que, segundo eles, Portugal é. Estará Portugal FADADO a ser um PROTETORADO por muitos anos? Perguntam. E respondem: Portugal não será um país independente. É uma vergonha que o povo português não aceitará e tempo chegará em que irá dizer BASTA! E a saída da zona euro é um imperativo para a independência nacional. São contrários a Lenine e ao proletariado.

Se forem favoráveis propugnariam acabar, a meio da INSURREIÇÃO, com a União Europeia de Capitalistas para a transformar na União Europeia do Proletariado, quer dizer, União de Repúblicas Socialistas Europeias.

«O pior DESASTRE do XXI século seria a recuperação da União de Repúblicas Socialistas Soviéticas, URSS» disse angustiado um representante do nazismo governamental ucraniano em primeira linha do combate dos mais agressivos, reacionários e genocídas dos CAPITALISTAS FINANCEIROS MUNDIAIS dispostos a largar bombas atómicas contra o proletariado soviético-russo.

O pior DESASTRE do XXI século para o CAPITALISMO FINANCEIRO seria a recuperação da União de Repúblicas Socialistas Soviéticas, da URSS, a alastrar para a União de Repúblicas Socialistas Europeias. Eis o objetivo do proletariado galego, português, europeu e mundial: O SOCIALISMO NA EUROPA E NO MUNDO. O que Lenine propugnava para evitar a GUERRA MUNDIAL para garantir a PAZ que Obama quer destruir planejando a GUERRA MUNDIAL NUCLEAR.

O que Lenine decretara, junto com Estaline, o direito de Autodeterminação incluída a separação e criar Estado próprio [repúblicas socialistas, soviéticas (proletárias, camponesas, soldad@s e marinheir@s), UNIDAS, daí a URSS] também a República portuguesa o reconhece no artigo 7.3 da sua Constituição, reconhece o direito dos povos à Autodeterminação e Independência, só que aquando se colocar a questão da Autodeterminação e Independência da Galiza, o Norte de Portugal, a questão da UNIDADE NACIONAL da Galiza e Portugal, a questão da IDENTIDADE das lutas da Galiza colónia espanhola-UE e do Portugal protetorado espanhol?-UE, das lutas CONCRETAS, proletárias, camponesas, das pescas, soldad@s e marinheir@s, galegas e portuguesas, toda a IMENSA CAPACIDADE DE ANÁLISE desaparece, mesmo aquando o proletariado e o povo organizado em milícias armadas de Donbass, das proclamadas Repúblicas populares de Kharkov, Donetsk, Lugansk, Odessa ESTÃO A MARCAR O CAMINHO DA VITORIOSA INSURREIÇÃO face o trabalho eleitoral que mata a luta proletária e popular, agora, nas europeias e durante mais dous anos, impedindo, negando e sabotando o caminho da INSURREIÇÃO.
Ferrol, 25 de Abril, quarenta anos da Revolução dos Cravos.

COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 20:49



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930