Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Terça-feira, 18.03.08

PROVOCAR OS MAIORES DANOS NO TERRITÓRIO DO INIMIGO (distribuídas 320 folhas às 13,30 horas da quinta-feira, 13 de Março de 2008 na porta da Bazan)

Objectivo central da guerra geofísica teorizada e praticada pelo Pentágono desde a década do 1960 através da manipulação climatológica e/ou dos fenómenos climatéricos por exemplo, intensificar temporais para provocar grandes ondas contra as costas do inimigo.
No informe acerca dos Direitos Humanos do Departamento de Estado, encabeçado por Condoleezza Rice e governado por John Negroponte com cem mil mulheres e homens, combatentes de elite, para a guerra suja norte-americana contra a Humanidade, marcam-se os países inimigos e o seu território. Noutros informes não publicados, John Negroponte atribui a pessoas, organizações e estados a condição de «terroristas, gamberros, inimigos, não gratos, etc.» para as punir com ou sem lei, sobretudo, sem...; nesta condição estão a Galiza e o País Basco, território inimigo ao que se lhe causaram os maiores danos em 10 e 11 de Março de 2008 por votar, ou não, em 9 de Março inconveniências contra os interesses ianques, como fizeram na Venezuela em 15 de Agosto de 1999, no Referendo Constitucional. Carlos Fernández, de Meteogalicia, qualificou de «anómalo e estranho» o fenómeno, sem quererem entender, estes ideologizados e cobardes profissionais, governos, Algores, Solanas, etc., que o que define o anómalo e estranho da intensidade dos fenómenos climatológicos que CAUSAM OS MAIORES DANOS NO TERRITÓRIO DO INIMIGO é a guerra geofísica praticada pelo Pentágono e não o alegado CÂMBIO CLIMATÉRICO.
O acontecido no Vale do Avinho (Valdovinho) é um indício minúsculo da FRAUDE GIGANTESCA praticada pelo PP e «adláteres» em 9 de Março: sabedores das pessoas que não vão ir votar, fácil, a) escrevem os cinquenta nomes na listagem de votantes e b) introduzem cinquenta sobres com o voto para o PP o que não puderam fazer e a fraude Del Real ficara incompleta e descoberta ao contrário que nas mesas de Ourense, Madrid, Valência, etc., com mais um 5 % para o PP da média de participação para aumentar em votos e deputados. NINGUÉM INVESTIGARÁ O PP num contexto monárquico e espanhol, CORRUPTO E REPETIDO, desde 1812. Também ninguém investigará Aznar e o seu governo por participar nos golpes de estado da Guiné Equatorial e a Venezuela e outros crimes de lesa humanidade como os cometidos por Solana, Mr. PESC.
A presença de centos de militares, adidos das armadas de quarenta países, a maioria europeus e da NATO, diplomatas da Noruega, Austrália e outras potências (sic) estrangeiras, EUA-Israel, que El-Rei, detendo-se um instante e, açoutado pelo vento, saudou, põe de relevo a dimensão do rechaço e a derrota da família real e dos governos monárquicos do PSOE, na sua pretensa intenção de encher a Praça de Armas de Ferrol de «rojigualderio» para matar a comemoração do Dia da Classe Operária da Galiza, acrescentada com três páginas «noticeiras» de «La Voz de Galicia» que contou 6.500 «aclamantes» da monarquia e CENSUROU com todo rigor a comemoração na Galiza do Dia da sua Classe Operária. Pela contra, nós também pensamos que a manobra de escolher a data do 10 de Março para botar o barco tinha muito mais alcance, determinado, precisamente, pela nutrida representação militar da NATO e não apenas: a mensagem é, como disse o frivolo jornalista das manobras aero-navais russas nas costas galego-portuguesas, UMA PATÉTICA DEMONSTRAÇÃO, como as de Franco, encabeçada por El-Rei, do «MÚSCULO OCIDENTAL» contra os «sinistros orientais».
O governo nacional-catolicista do Concelho de Ferrol, votado por 15.000 de 66.000, o governo da maioria!, tem determinado, embora os protestos de Meca Arcos, 70.000 € para a Santa Semana comemorar o genocídio franquista-hitleriano-mussoliniano (viram como comemorava a Áustria o ataque, invasão e ocupação do III Reich em 12 de Março de 1938, imediatamente depois da vitória nazi contra o republicano Teruel?) e nós APELAMOS PARA BOICOTAR A CELEBRAÇÃO afirmando que com 70.000 € para comemorar a Laica Semana, trairíamos mais e melhor turismo do que olhando para a Meca.
Em Ferrol, quinta-feira, 13 de Março de 2008. (http://galizaunidaportugal.blogspot.com)
COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 13:12



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031