Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Quinta-feira, 12.07.12

O POVO É QUEM MAIS ORDENA INSURREIÇÃO (distribuídas 500 folhas às 5h30-6h50 da Segunda-Feira, 9 de Julho de 2012 na porta da Bazan, rua Taxonera)


À sombra de uma azinheira (…) jurei ter por companheira, Grândola, a tua vontade. A mesma vontade da Azinheira mineira em Leão, «Ciñera de Gordón» para os mata-tudo, Quercus, forte carvalho da viçosa terra que reclama e proclama INSURREIÇÃO para a derrocada do Gerrilheiro-de-Cristo-Rei, Diretor da Guarda Civil, neto de nazis assassinos, e o seu «estado de derecho» com Rajoy à frente, desde onde querem continuar a obra dos seus IMPUNES ascendentes com o concurso de partidos e sindicatos ditos de esquerda e nacionalistas, alguns a alertar de que atacarão no verão e falam de convocar greves gerais e outras «aguerridas» lutas … para depois do verão!!! «em Setembro ou Outubro», como é o caso de Suso Seixo, Secretário-geral da CIG, sindicato em que «estamos vetados», estamos PROIBIDOS, porque vimos denunciando desde a década de noventa as suas posições favoráveis à Reconversão de ASTANO, ao ácido sulfúrico de ENDESA que choramos todos, ao envenenamento maciço da população da Ponte Vedra a meio de ENCE ou a «bomba nuclear» no meio da Ria de Ferrol que defenderam Milocho-Fermim Paz-Suso Seixo. Agora deixam passar o tempo sem generalizar e promover piquetes, barricadas e lume para derrotar os piquetes, barricadas e lume dos INIMIGOS de classe e da NOSSA NAÇÃO galego-portuguesa. Todo esse aviltado ÓDIO, que não ocultam, contra nós, em nossa opinião, não é mais do que avaliar a justeza e justiça do que nós estamos a defender e eles a combater: piquetes, barricadas, lume e INSURREIÇÃO para a tomada do poder com a derrocada dos governos ILEGÍTIMOS, ANTIDEMOCRÁTICOS, PATRANHEIROS e nazi fascistas de Feijó-Rajoy às ordens de Aznar que durante os meses de Julho e Agosto anunciam mais brutais medidas em atuação permanente e impune de gradado GOLPE DE ESTADO sem militares, agora inspiradas por Mário Monti, o Mussolini de novo tipo que o proletariado italiano tem de derrocar. «É moi complicado», frisa Suso Seixo, uma Greve Geral Europeia porque a CES, presidida por Tojo, não é favorável sem querer saber que é o proletariado europeu o que é favorável, o galego, o português, o canário, o catalão, o basco, o dito espanhol, o italiano, o grego, o francês, etc. Nem sequer enviaram um autocarro com cinquenta e cinco do proletariado galego ao Porto para se manifestar com o proletariado português e apelar para «proletariado de todos os países, UNI-VOS!» a começar pelo IDÊNTICO proletariado galego-português. Os partidos ditos de esquerda e nacionalistas e os ditos sindicatos têm que tomar exemplo da ORGANIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO na Galiza do proletariado roubado pelos bancos que se manifestarão, não em Setembro ou Outubro, manifestar-se-ão na Alameda de Compostela às 11h00 do Sábado, 21 de Julho de 2012. Os partidos e sindicatos têm que não se ir de férias, apelar para ninguém se ir de férias e preparar um PLANO INSURRECIONAL para a derrocada dos governos de Feijó-Rajoy porque não há mais alternativa do que a INSURREIÇÃO. Os dirigentes da CIG e não só têm que parar essa permanente campanha contra nós, esse ÓDIO contra nós, que está a percorrer a Galiza toda e não apenas e se submeter ao que o povo ordena, a INSURREIÇÃO.
Em Ferrol, Segunda-Feira, 9 Julho de 2012

COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL




Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 12:18


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031