Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Quinta-feira, 02.07.09

O DEVER DE DIRIGENTES E QUADROS SINDICAIS DA GALIZA

(distribuídas 1000 folhas às 13 h. da Terça-Feira, 30 de Junho de 2009 na manifestação em Compostela do operariado do Metal da Ponte Vedra)
(distribuídas 300 folhas às 13 h. da Segunda-Feira, 29 de Junho de 2009 na porta da Bazan rua Taxonera)
O embaixador dos EUA reconhece Zelaia como ÚNICO presidente depois do golpe dos militares «Negropontianos» em Honduras e El País de Polanco, Joaquim Estefania, António Canho, M. Á. Bastenier, Perez Royo, editorializa contra Zelaia em sintonia com Fenando Fernández, tertuliano da SER pro-PP, que JUSTIFICA (8,40 h. de hoje) a metodologia de John Negroponte [e hu é?] no golpe dos militares aduzindo GOLPE prévio de Zelaia. Estará Aznar-PP, como nos da Guiné Equatorial e Venezuela, uma parte do PSOE e a trilogia Militares-Igreja-Justiça de la Rosa a promover ou envolvidos no golpe militar contra Zelaia por querer consultar o povo de Honduras como queria fazer Ibarretxde com o Basco, evitar um muito mau exemplo? Nós achamos que quanto antes entre em Honduras uma força militar internacional, de ALBA por exemplo, para desarmar os militares golpistas e um tribunal internacional os julgar e condenar, a eles e apoiantes, por conspiração, sabotagem e golpismo contra Zelaia, repor este e celebrar o abortado referendo, antes nos livraremos na Galiza, no Reino da Espanha, na Europa e no mundo do perigoso andaço golpista do Dick Cheney-PR, do Sarkozy, do Berlusconi, do Aznar, do Feijó e suinhas adláteres em permanente actividade (Irão!) conspiradora, sabotadora e golpista contra a democracia. Ajudar-nos-á na Galiza para nos livrar de Feijó, PROFANADOR DO GALEGUISMO, PROFANADOR das tumbas dos galeguistas, PROFANADOR do 25 de Abril e da Revolução dos Cravos, como se PROFANARA na Nicarágua a tumba de Carlos Fonseca Amador, no entanto Beiras acusa Feijó de se «empoleirar» para DESTRUIR o País, a Galiza, e Guilherme Vazquez publicamente convida o BNG a dar «BATALHA SOCIAL» sem que um e outro discurso se materializem na constituição da Assembleia Nacional da Galiza, pessoas, entidades e instituições, A GALIZA UNIDA E MOBILIZADA PARA A DERROCADA DE FEIJÓ E SEUS RACISTAS. Porque os CRIMES do governo de Feijó desde a FRAUDE eleitoral de 1 de Março e, sobretudo, desde a sua constituição, se contam em muito mais de um cada dia chegando ao extremo de a TVG CENSURAR a candidatura de «a Ponte nas Ondas» do património IMATERIAL galego-português que se for reconhecida como a Torre de Hércules, a UNESCO UNIVERSALIZARIA A IDENTIDADE NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL. Eis o que Feijó e seus RACISTAS pretendem abortar: que o povo galego-português assuma a sua MESMA IDENTIDADE e portanto UNIDADE NACIONAL como a abortaram os militares franquistas com o golpe de 20 de Julho de 1936 e subsequente GENOCÍDIO.
Neste contexto O DEVER DE DIRIGENTES E QUADROS SINDICAIS DA GALIZA nomeadamente dos da CIG e particularmente dos da CIG de Ferrol é fazer como se fizera em ASTANO E ASCON: às 7 horas da manhã esperavam os auto-carros para transladar o operariado dos dois estaleiros navais às diferentes cidades, vilas e povos das províncias de A Crunha e Lugo, o de Astano, e às da Ponte Vedra e Ourense, o de Ascon, para explicar e convidar a participar na Greve Geral da Galiza, GGG: assim foram em 1984 TRÊS GGG. Nós apelamos para o operariado que foi de ASTANO-ASCON A EXIGIR dos dirigentes e quadros sindicais que CUMPRAM O SEU DEVER sem qualquer ESCUSA: a da «passividade» de CCOO-UGT que aduz Suso Seixo (CIG) não é certa; I. Fdez. Tojo está ACTIVO em favor da CALMA das classes trabalhadora da Galiza em situação de EMERGÊNCIA NACIONAL; como não é certo que «resulte extremo pedir um 6 % de subida salarial» sabendo que desde a toma de posse do governo de Feijó subiu o gasóleo desde 0,872 até aos 0,959 €/l acompanhando a CRIMINOSA PATRANHA publicada por La Voz de Galicia da baixada dos preços e o «perigo de deflação»; «tinha que haver greve em muitos mais sectores» frisa Suso Seixo relativamente ao Metal da Ponte Vedra, uma outra ESCUSA para não cumprir com o seu dever de SER ELE, Secretário Geral e o seu sindicato, a CIG, os que façam o que fizera o operariado ASTANO-ASCON para três GGG em 1984, particularmente os dirigentes Malvido e Alcântara. Chega de ESCUSAS, cumpram com o seu dever de implementar a UNIDADE OPERÁRIA NA GREVE GERAL DA GALIZA EM 2009. Eu, Manuel Lopes Zebral fui e sou discriminado na CIG desde antes de ser EXPULSO por denunciar o mesmo que denuncio agora: AS VOSSAS ESCUSAS para não mobilizar e unir o operariado galego-português.
E as nossas críticas são CONSTRUTIVAS, daí que convidemos a Beiras, Guilherme Vazquez, ao BNG, ao PSdeG-PSOE, para que convoquem em regime de auto-convocatória, pessoas, entidades e instituições para Assembleia Nacional da Galiza em Compostela, Sábado, 11 de Julho de 2009 e convidando pessoas, entidades e instituições a lho DEMANDAREM e/ou tomar nós a iniciativa, incluindo a CIG, para derrocada do governo RACISTA de Feijó a meio da INSURREIÇÃO. Em Ferrol, Segunda-Feira, 29 de Junho de 2009
COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL
O embaixador dos EUA reconhece Zelaia como ÚNICO presidente depois do golpe dos militares «Negropontianos» em Honduras e El País de Polanco, Joaquim Estefania, António Canho, M. Á. Bastenier, Perez Royo, editorializa contra Zelaia em sintonia com Fenando Fernández, tertuliano da SER pro-PP, que JUSTIFICA (8,40 h. de hoje) a metodologia de John Negroponte [e hu é?] no golpe dos militares aduzindo GOLPE prévio de Zelaia. Estará Aznar-PP, como nos da Guiné Equatorial e Venezuela, uma parte do PSOE e a trilogia Militares-Igreja-Justiça de la Rosa a promover ou envolvidos no golpe militar contra Zelaia por querer consultar o povo de Honduras como queria fazer Ibarretxde com o Basco, evitar um muito mau exemplo? Nós achamos que quanto antes entre em Honduras uma força militar internacional, de ALBA por exemplo, para desarmar os militares golpistas e um tribunal internacional os julgar e condenar, a eles e apoiantes, por conspiração, sabotagem e golpismo contra Zelaia, repor este e celebrar o abortado referendo, antes nos livraremos na Galiza, no Reino da Espanha, na Europa e no mundo do perigoso andaço golpista do Dick Cheney-PR, do Sarkozy, do Berlusconi, do Aznar, do Feijó e suinhas adláteres em permanente actividade (Irão!) conspiradora, sabotadora e golpista contra a democracia. Ajudar-nos-á na Galiza para nos livrar de Feijó, PROFANADOR DO GALEGUISMO, PROFANADOR das tumbas dos galeguistas, PROFANADOR do 25 de Abril e da Revolução dos Cravos, como se PROFANARA na Nicarágua a tumba de Carlos Fonseca Amador, no entanto Beiras acusa Feijó de se «empoleirar» para DESTRUIR o País, a Galiza, e Guilherme Vazquez publicamente convida o BNG a dar «BATALHA SOCIAL» sem que um e outro discurso se materializem na constituição da Assembleia Nacional da Galiza, pessoas, entidades e instituições, A GALIZA UNIDA E MOBILIZADA PARA A DERROCADA DE FEIJÓ E SEUS RACISTAS. Porque os CRIMES do governo de Feijó desde a FRAUDE eleitoral de 1 de Março e, sobretudo, desde a sua constituição, se contam em muito mais de um cada dia chegando ao extremo de a TVG CENSURAR a candidatura de «a Ponte nas Ondas» do património IMATERIAL galego-português que se for reconhecida como a Torre de Hércules, a UNESCO UNIVERSALIZARIA A IDENTIDADE NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL. Eis o que Feijó e seus RACISTAS pretendem abortar: que o povo galego-português assuma a sua MESMA IDENTIDADE e portanto UNIDADE NACIONAL como a abortaram os militares franquistas com o golpe de 20 de Julho de 1936 e subsequente GENOCÍDIO.
Neste contexto O DEVER DE DIRIGENTES E QUADROS SINDICAIS DA GALIZA nomeadamente dos da CIG e particularmente dos da CIG de Ferrol é fazer como se fizera em ASTANO E ASCON: às 7 horas da manhã esperavam os auto-carros para transladar o operariado dos dois estaleiros navais às diferentes cidades, vilas e povos das províncias de A Crunha e Lugo, o de Astano, e às da Ponte Vedra e Ourense, o de Ascon, para explicar e convidar a participar na Greve Geral da Galiza, GGG: assim foram em 1984 TRÊS GGG. Nós apelamos para o operariado que foi de ASTANO-ASCON A EXIGIR dos dirigentes e quadros sindicais que CUMPRAM O SEU DEVER sem qualquer ESCUSA: a da «passividade» de CCOO-UGT que aduz Suso Seixo (CIG) não é certa; I. Fdez. Tojo está ACTIVO em favor da CALMA das classes trabalhadora da Galiza em situação de EMERGÊNCIA NACIONAL; como não é certo que «resulte extremo pedir um 6 % de subida salarial» sabendo que desde a toma de posse do governo de Feijó subiu o gasóleo desde 0,872 até aos 0,959 €/l acompanhando a CRIMINOSA PATRANHA publicada por La Voz de Galicia da baixada dos preços e o «perigo de deflação»; «tinha que haver greve em muitos mais sectores» frisa Suso Seixo relativamente ao Metal da Ponte Vedra, uma outra ESCUSA para não cumprir com o seu dever de SER ELE, Secretário Geral e o seu sindicato, a CIG, os que façam o que fizera o operariado ASTANO-ASCON para três GGG em 1984, particularmente os dirigentes Malvido e Alcântara. Chega de ESCUSAS, cumpram com o seu dever de implementar a UNIDADE OPERÁRIA NA GREVE GERAL DA GALIZA EM 2009. Eu, Manuel Lopes Zebral fui e sou discriminado na CIG desde antes de ser EXPULSO por denunciar o mesmo que denuncio agora: AS VOSSAS ESCUSAS para não mobilizar e unir o operariado galego-português.
E as nossas críticas são CONSTRUTIVAS, daí que convidemos a Beiras, Guilherme Vazquez, ao BNG, ao PSdeG-PSOE, para que convoquem em regime de auto-convocatória, pessoas, entidades e instituições para Assembleia Nacional da Galiza em Compostela, Sábado, 11 de Julho de 2009 e convidando pessoas, entidades e instituições a lho DEMANDAREM e/ou tomar nós a iniciativa, incluindo a CIG, para derrocada do governo RACISTA de Feijó a meio da INSURREIÇÃO.
Em Ferrol, Segunda-Feira, 29 de Junho de 2009
COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 19:28



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031