Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Segunda-feira, 22.01.07

LINHAS DE ALTA TENSÃO: SAÚDE E VIDA

(Distribuidos 320 panfletos na entrada da Bazan-Ferrol.)
As linhas denominadas de Meia e Alta Tensão (LMT e LAT), desde 1.000 até 765.000 voltios MATAM e produzem graves DOENÇAS a todas as pessoas que tenham que viver perto ou estejam submetidas aos campos eléctricos e magnéticos que induzem. MATAM em muito pouco tempo, aos 6 ou 9 anos de exposição, ou mesmo menos tempo, por CANCROS diferentes, particularmente LEUCÉMIA, porque alteram o ADN das pessoas afectando principalmente crianças, meninos, mulheres grâvidas, as pessoas de mais de cinquenta anos e as pessoas doutras idades.
Viver submetido aos campos eléctricos e/ou magnéticos induzidos pelas LMT/LAT é impossível porque a electricidade natural dos nossos corpos é radicalmente modificada produzindo toda classe de alterações das funções vitais, desde o sono até à digestão: viver perto das LMT/LAT é UMA FORMA DE TORTURA que em muito pouco tempo se torna doença grave e morte.
A Organização Mundial da Saúde, a União Europeia, diferentes países industrializados, Estados Unidos da América, Japão, Rússia, Suecia, Dinamarca, França, etc. ALERTAM DO PERIGO para as pessoas ao estarem submetidas aos campos eléctricos e magnéticos e para a legislação RESTRINGIR com rigor, sobretudo em áreas urbanas, as LMT/LAT; COMO EXEMPLO PODEMOS CITAR A RECOMENDAÇÃO de uma Comissão de Expertos da União Europeia feita ao Reino da Espanha para MODIFICAR, AUMENTANDO-AS, AS DISTÂNCIAS das LMT/LAT ÀS VIVENDAS.
Num dos relatórios informativos difundidos pela Associação de Vizinhos de ALUCHE,
www.avaluche.com, rua Quero, nº 69; MADRID CP 28024; telefone 91-7194329, intitulado REDES DE ALTA TENSÃO EM ÁREAS URBANAS, afirma-se que para o caso de linhas SUBTERRÁNEAS (…) não se reduz a intensidade do campo magnético e apenas são anulados os campos eléctricos a nível do solo e RECOMENDA SEREM ADOPTADAS MEDIDAS DE PRECAUÇÃO NUMA FAIXA DE 30 METROS APARTIR DO EIXO DA LINHA DE ALTA TENSÃO DE 132.000 VOLTIOS EM ÁREAS URBANAS.
Na Av. de Santa Marinha do Vilar FENOSA com o concurso do Concelho iniciou obras para a instalação subterránea de uma linha de 132.000 voltios ao Porto Exterior e uma outra de 15.000 à Cabana com distâncias às paredes das vivendas de 3 e 5 metros respectivamente, distâncias às que a acção dos campos electromagnéticos induzidos é letal.
INFORME-SE ASSISTINDO À CONFERÊNCIA DO DR. CARLOS PINHEIRO NO LOCAL DA ASSOCIAÇÃO DE VIZINHOS DE SANTA MARINHA ÀS 20 HORAS DA TERÇA-FEIRA, 26 DE DEZEMBRO DE 2006. (Em Ferrol, quarta-feira, 21 de Dezembro de 2006).
COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 12:36



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031