Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Sábado, 23.07.11

DIREÇÃO COMARCAL DE FERROL E DIREÇÃO NACIONAL DA CIG (Distribuído como panfleto na porta da Bazan)

MANUEL LOPES ZEBRAL, e-mail: gzsgalizasolidaria@hotmail.com, quero, o primeiro, manifestar os meus PARABENS pela mobilização em favor do emprego, encorajando mais e mais amplas iniciativas nomeadamente com o operariado português ORGANIZADO E A LUTAR COM A CGTP para recuperarmos a UNIÃO OPERÁRIA GALEGO-PORTUGUESA que felizmente já tivemos.

Também quero manifestar o que se segue:

1. No panfleto «Marcha dos desempregados/as pelo emprego» a CIG «chama a TODOS os parados e paradas, a TODAS as pessoas (...) a que PARTICIPEM NAS MARCHAS DE PARADOS E PARADAS (...)»; o panfleto acaba com «PARTICIPA NAS MARCHAS COMARCAIS de desempregados e desempregadas (...)».
Um outro panfleto anterior datado em Ferrol a 10 de Junho de 2011 «a CIG na Comarca de Ferrol, fazemos um chamamento a TODA a classe trabalhadora (...) e à população a que PARTICIPE nas diferentes mobilizações (...) MOBILIZA-TE com a CIG (...) o único caminho é a luta obreira» e acaba com «PARTICIPA NAS MOBILIZAÇÕES DA CIG». Junto cópia dos dois panfletos.
2. Às 9 horas da Quarta-Feira, 29 de Junho de 2011, no lugar de partida da «Marcha», diante do Sindicato, Pintos achegou-se a mim (estava a falar com Belarmino, de Navantia) para me dizer: «Esta é uma Marcha de desempregados e desempregadas FILIADAS à CIG; as pessoas NÃO filiadas NÃO PODEM IR»; que eu NÃO PODIA IR porque NÃO ERA FILIADO. Pintos MENTIU para me PROIBIR PARTICIPAR NA MARCHA.
3. Pintos MENTE para cometer uma GRAVE DISCRIMINAÇÃO E HUMILHAÇÃO contra uma pessoa DESEMPREGADA a lutar pelos seus direitos: RECUPERAR O SEU POSTO DE TRABALHO EM ASTANO do que foi DESPEDIDA, junto com milhares de pessoas, por El-Rei e Felipe González, Chefe de Estado e presidente de governo do Reino da Espanha, a meio do seu Decreto de Reconversão Naval. Uma pessoa que luta por um Plano de Desenvolvimento Industrial da Zona Deprimida que Ferrol é, baseado em RECUPERAR A CONTRATAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE TRANSPORTE MARÍTIMO NUM ASTANO GALEGO, PÚBLICO E DO OPERARIADO, tudo em concordância com as competências que o Estatuto de Autonomia vigorante outorga à Junta da Galiza particularmente ao seu presidente Sr. Alberte Nunes Feijó.
4. Uma pessoa, ou pessoas que MENTEM, DISCRIMINAM E HUMILHAM um desempregado a lutar pelos seus direitos dificilmente podem estar à frente de um sindicato dito NACIONALISTA E DE CLASSE sem lhe fazer dano ao sindicato, à classe e à nação. Nós que, nas nossas possibilidades, lutamos pela classe, a nação e o sindicato da classe achamos que à classe, à nação e ao sindicato da classe lhes CUMPRE iniciar um processo assambleário, democrático, aberto, operário, permanente no tempo, baseado e apoiado nos milhares de pessoas, filiadas ou não na CIG, que foramos despedidas ou trabalharamos em ASTANO, TODAS AS INICIATIVAS, com o objectivo da readmissão das pessoas DESPEDIDAS e de recuperar ASTANO REIVINDICANDO E MOBILIZANDO em favor de um Plano de Desenvolvimento Industrial para a Zona Deprimida que Ferrol é referenciado no ponto 3. Encorajamos à CIG para assim ser e para o debate e as rectificações pertinentes relativas a mim.

Em Ferrol, Quarta-Feira, 5 de Julho de 2011

ASSDO: MANUEL LOPES ZEBRAL





Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 12:34



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31