Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Terça-feira, 04.12.12

CONTRA «ALMUNIADAS» INSURREIÇÃO (distribuídas 500 folhas às 5h30-7h10 da Terça-Feira, 4 de Dezembro de 2012 na porta da Bazan rua Taxonera)


 
O Conselho de Ministros do Rajoy VIOLA GRAVE E DRASTICAMENTE A LEI reduzindo as pensões às pessoas jubiladas. Tojo, entrevistado na SER  às 14h45 dessa VIOLENTA Sexta-Feira, 30 de Novembro, afirma, dentre outras coisas: SE VULNERA A LEI DA SEGURIDADE SOCIAL e como bom lugar-tenente da classe capitalista não apela para a INSURREIÇÃO, para a IMEDIATA DERROCADO DO GOVERNO «RAJOYEIRO»; descansam o fim de semana e apelam para a Defensora do Povo apresentar recurso de INCONSTITUCIONALIDADE depois da ponte constitucional, a Lotaria, o Natal e a Pascoa Militar, tudo regado com cava catalão.

Não é o único. Depois da «ALMUNIADA» contra o povo galego e a Galiza, discurso UNÂNIME, VERBORREIA UNÂNIME dos representantes do BNG-AGE-PSdG-PSOE. Todos contra Feijó porque ele é o responsável da liquidação de Nova Galicia Banco (o ÚNICO banco do mundo que tem como objetivo PRIORITÁRIO o DESENVOLVIMENTO DA GALIZA) e da «QUITA DE CARTEIRA» às pessoas das preferentes. UNÂNIME DISCURSO, UNÂNIMES EM SABOTAR a toma de posse do Feijó como presidente da Junta da Galiza e UNÂNIMES em não apelar à população galega para se concentrar perante o Parlamento em Sábado, 1 de Dezembro para defender a existência de NGB, para defender o FINANCIAMENTO da economia da Galiza, aproveitando e reforçando a convocatória das preferentes. Só estava Carlos Aymerich. Ramom Vilhares, Ferrim, Lage e Tourinho estavam, INDIGNOS, do outro lado da barricada, no meio de ladras, ladrões e delinquentes. Ontem, os do BNG, para se lavarem a cara, entraram em NGB em ato de protesto contra a «ALMUNIADA» e contra Feijó.

Quais os objetivos do Patxi López ao anunciar em 21 de Agosto as eleições no País Basco? Forçar Feijó às convocar o mesmo dia para EVITAR QUE A MOBILIZAÇÃO DAS PREFERENTES produzisse mais «desgaste e desplome» eleitoral ao PP, garantir-lhe MAIORIA ABSOLUTA ao Feijó e acabar essa MOBILIZAÇÃO.

Preferia o Patxi López (González-ZP e as bandas de GALosos TERRORISTAS DE ESTADO) correr o risco de EH-Bildu governar o Pais Basco do que o FRANQUISMO de Feijó perder o governo da Galiza.

Conseguiram o PP tiver maioria absoluta na Galiza e EH-Bildu não ser a primeira força no País Basco. O que não conseguiram foi ACABAR A MOBILIZAÇÃO DAS PREFERENTES, questão que atingiu o rango que lhe foi dado pela «ALMUNIADA» porque as únicas pessoas no mundo a se MOBILIZAREM contra  bancos e banqueiros são as das preferentes da Galiza particularmente NGB. Esta elementar VERDADE não encoraja BNG-AGE-PSdG-PSOE, sindicatos e outras ervas das nossas viçosas campeiras, para se UNIR, UNIR À GALIZA, na Assembleia Nacional da Galiza, para MOBILIZAR o povo galego e DERROCAR O PP. Preferem Aliança Social Galega, ASOGA DO POVO GALEGO que enforca o seu direito a decidir, o direito de Livre Determinação da Galiza.

ASOGA DO POVO GALEGO a começar pelo proletariado, triste, só e abandonado como o de ELECNAVAL (e muitos outros) nas portas da Bazam a se mobilizar e se queixar do abandono dos sindicatos e Comité de Empresa de Navantia. Reiteramos o apelo que fizemos em 25 de Julho para MOBILIZAR-NOS em Agosto; apelamos para a MOBILIZAÇÃO permanente durante a Lotaria, o Natal, a Pascoa Militar. Reiteramos o apelo que fizemos para o 14 de Novembro, precisando que um dos objetivos políticos conseguidos dessas greves gerais e mobilizações europeias foi o de OBRIGAR os lugar-tenentes da classe capitalista que regem os sindicatos a CONVOCAR O QUE PRETENDIAM ADIAR para o ano que se avizinha; mensagem fraternal para filiados, quadros e dirigência dos sindicatos bascos LAB e ELA-STB, sindicatos que não apoiaram a convocatória do 14 de Novembro aduzindo objetivos não adequados: o primeiro de Maio ficou instituído depois de uma MOBILIZAÇÃO mundial por um objetivo tão político como a jornada de oito horas.

Todos JUNTOS temos de derrotar os lugar-tenentes da classe capitalista e todos juntos temos de DERROCAR os governos do Rajoy-Feijó a meio da INSURREIÇÃO.
Em Ferrol, Terça-Feira, 4 de Dezembro de 2012

COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 17:54


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031