Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Segunda-feira, 01.12.14

ARSENAL E CONCELHO PARA OCUPAR (distribuídas 400 folhas às 5h30-7h00 da quinta-feira, 17 de novembro de 2014 na porta da Bazan rua Taxonera)


Cleanet não paga em Ferrol nem em Vala-do-lide. Não paga com o consentimento e talvez o LUCRO do descendente de golpista Morenés, Ministro da Defesa. Ministro da Defesa, Morenés, não ordena ASTANO CONSTRUIR BARCOS nem dique flutuante para Navantia nem nada... As operárias de Cleanet levam muitos dias concentrando-se às 7h30 na Porta do Dique lutando contra o Ministro da Defesa para Morenés ordenar Cleanet pagar. Lutando contra o Almirante do Arsenal, Garat, por ordenar limpar a militares profissionais, mulheres aventuramos, cujo contrato com a Armada estabelece a função de FURA-GREVES! INSUBORDINAR-SE, não cumprir as ordens, DESOBEDECER, o primeiro DEVER dos militares em cumprimento do seu contrato.
O operariado de Navantia leva muitos dias sem se mobilizar. Conjurado o perigo de INSURREIÇÃO do período 9-25 de novembro, aventuramos, MOBILIZA-SE agora, dia 27. O operariado de Navantia NUNCA se concentrou às 7h30 na Porta do Dique com o de Cleanet para lutarem em UNIÃO contra Morenés, Ministro da Defesa. Só uma vez se manifestou até à Porta do Arsenal da Praça Velha porque Navantia, diz que, pertence ao Ministério da Defesa. Nessa porta foi reivindicação operária manifestar-se por dentro do Arsenal.
O operariado e filiação de CCOO levam muitos dias encerrados no local do sindicato em Ferrol com assembleias de até TREZENTAS pessoas. Mesmo em 4 de novembro umas vinte encabeçadas por Pilhado distribuíram «OCTAVILHA» (que maravilha!) nas duas portas da Bazan. Nada de Cleanet, nada de ASTANO CONSTRUIR BARCOS... Não estiveram um SÓ dia às 7h30 na Porta do Dique com as de Cleanet. Nem na porta de ASTANO ou Bazan para reivindicar NA PRÁTICA os princípios assembleários e de combate de CCOO e CONSTRUIR BARCOS. Todos os dias BARULHAM muito mesmo com bombo. Mas nenhum dia realizaram na Praça de Armas uma ASSEMBLEIA PROLETÁRIA para reivindicar a UNIDADE DA CLASSE E A UNIDADE SINDICAL para abrir caminho ao SOCIALISMO e caminho à AUTODETERMINAÇÃO da Galiza. Lembram a reivindicação originária de CCOO? Estatuto de Autonomia CAMINHO DA AUTODETERMINAÇÃO. O Estatuto de Autonomia tá podre de velho e de narcotráfico (34 anos) e a AUTODETERMINAÇÃO NEGADA por CCOO. Se o que querem é tornar ao espírito originário das CCOO na Galiza TÊM A OBRIGA DE EXIGIR AUTODETERMINAÇÃO para o proletariado e o povo galego. Trinta e quatro anos passados de Estatuto de Autonomia e quarenta de Revolução dos Cravos dá para reivindicarem UNIÃO OPERÁRIA E NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL. Nós encorajamos...
Hoje nos encerramos nos estaleiros navais; em nossa opinião, hoje, nos temos que concentrar às 7h00 nas portas do Arsenal para assembleia operária, de marinheir@s e soldad@s e manifestar-nos por dentro do Arsenal para obrigar Garat e Morenés a CUMPRIREM A LEI. Hoje nos concentramos na Praça de Armas para entrar no Plenário do Concelho e GOVERNÁ-LO NÓS expulsando os DELINQUENTES E O PARTIDO que o desgoverna para ROUBAR. Em Ferrol, na Galiza, em Portugal, em Madrid e em Bruxelas, na Europa TODA, nos EUA, com Ferguson solidários, e no mundo todo acabemos com o capitalismo LADRÃO, RACISTA E ASSASSINO A MEIO DA INSURREIÇÃO.               
Em Ferrol, quinta-feira, 27 de novembro de 2014
COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 17:45


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031