Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Domingo, 17.04.11

A CORRUPÇÃO DA MONARQUIA ESPANHOLA

A corrupção da monarquia, dos capitalistas, dos seus monárquicos governos [tanto monta ZP como Aznar], dos seus monárquicos partidos e dos seus lugar-tenentes sindicais [tanto monta CCOO como UGT] não tem qualquer limite. Se os vermes fervilham e saltam no podricalho do PP, bailam e fervilham no fedorento PSOE; isso sim, com IMPUNIDADE garantida pelos juízes a servirem o seu senhor, dom Dinheiro, nada mais e nada menos do que durante trinta e três anos o qual nem admira porque continuaram a CORRUPÇÃO E OS CRIMES do franquismo impostos pelas armas de Hitler e Mussolini durante quarenta anos. «Tem que haver VENCEDORES E VENCIDOS» ameaçava a da AVT na hitleriana manifestação promovida pelo PP o Sábado, dia 9 em Madrid, quer dizer, tem que haver GENOCÍDIO, EXTERMÍNIO proletário, republicano e das Repúblicas, aliás, o que alguns não querem entender porque não se ameaça só bascos, ou catalães, não, a ameaça é para todo o submetido pela coroa espanhola. A mensagem é «TEM QUE HAVER GUERRA E NÓS (PP), COMO FRANCO, VENCEREMOS E EXTERMINAREMOS VENCIDOS!». E assim vão-no cumprindo na Galiza, INCENDIANDO-A permanentemente. Se em 22 de Janeiro de 2011, a comemorar para MATAR a Santa Liberdade galego-portuguesa, CLANDESTINO, o Conselheiro Juárez fornece DADOS OFICIAIS DOS INCÊNDIOS durante o ano 2010, é para nos dizer que os 3.876 havidos foram INTENCIONADOS, que mais da metade durante o mês de Agosto foram na província de Ourense e embora o Fiscal Chefe frise, ceguinho de tudo, que NÃO HÁ TRAMAS INCENDIÁRIAS, o pessoal baltariano não sossega e aproveita três dias de abafante calor africano, enviado pelas forças armadas e do COSMOS da NATO que precisam céu azul para bombardear bem a Líbia, para arrasar, com ordem e autorização escrita do Conselheiro Juárez, as cerca de 500 Ha. de um bosque que a vizinhança leva décadas CRIANDO em Bande, quer dizer, já não só se queima a Galiza desde as Deputações, agora incendia-se desde a própria Conselharia sem que BNG e PSdeG-PSOE queiram UNIR O POVO GALEGO para a derrocada do governo LADRÃO INCENDIÁRIO de Feijó. Apenas denunciam, e pouco, o envolvimento de Feijó e Rajoy com o NARCOTRÁFICO sem serem capazes de imaginar que o PODER judicial está para lhes garantir IMPUNIDADE e VITÓRIA a meio da FRAUDE ELEITORAL; para garantir IMPUNIDADE a Aznar e não apenas aquando estão a cometer, criminosos, o CRIME DE RACISMO contra todo um povo, o povo galego em COMBATE contra a sua porcaria: «lo que pasa es que [Rajoy] es GALLEGO y puede ladrar su resentimiento por las esquinas» produz o riso abafado dos tertulianos de RNE da Rã Lucas em horas da maior audiência reiterando a secular «inveterada e perniciosa aversão contra os galegos» que o Padre Martim Sarmento denunciava em 1745: «ceivão a gargalhada de riso burricão, SÓ contra os galegos». Mais uma mostra da CORRUPÇÃO da monarquia espanhola cuja fedorenta ESSÊNCIA irrita as vias respiratórias, o coração e a cabeça. E vão-no cumprindo nos territórios submetidos ao Reino da Espanha, aumentando o DESEMPREGO sempre desde 1977, aumentando os preços SEMPRE, aumentando sempre a PRECARIEDADE, reduzindo as pensões da jubilação e não só reduzindo os salários, também anunciando o suinha-mercenário da UGT metido a agiotar de Ministro de Trabalho «MODERAÇÃO SALARIAL DURANTE LUSTROS» com o concurso SEMPRE de CCOO-UGT. Daí nós apelarmos, SEMPRE, para a UNIÃO PROLETÁRIA, A UNIÃO QUE FAZ A FORÇA PARA A DERROCADA DA MONARQUIA. Se em 14 de Abril a CIG convoca manifestações em Vigo, na defesa do Setor Naval, e em Ferrol, ocultando o Setor Naval no meio de outras coisas, nós apoiamos e apelamos para acudir embora esse mesmo dia no Cemitério de Serantes uma homenagem com flores ÀS VÍTIMAS DO FRANQUISMO promovida e financiada pelo Irisarri vaia acompanhada do financiamento e celebração da Semana Santa do NACIONAL-CATOLICISMO NAZI-FALANGISTA que massacrou o proletariado e militares republicanos emborcados nas valas comuns do dito cemitério sem lhes importar o mais mínimo que uma filha do GENOCÍDA Alfredo Arcos, Meca Arcos, falangista de pró no PP e orgulhosa do pai, presida a comemoração e se queixe do pouco que Irisarri e o resto, lhes vêm financiando como o fizeram com a visita do Papa e agora com o 800 aniversário da CONSAGRAÇÃO da catedral de Compostela. Um outro bom exemplo da CORRUPTA HIPOCRISIA com que se ornam as monas monárquicas psoecialistas: financiarem os descendentes dos assassinos dos seus melhores como Jaime Quintanilha Martínez, ainda hoje DESAPARECIDO, e nos mandam os guardas aos que fomos à ONU para denunciar os casos de DESAPARECIMENTOS acontecidos em Ferrol: isso é que NÃO FINANCIAM! Financiam a GUERRA contra a Líbia, tanto monta ZP como Aznar, embora a SOLUÇÃO MILITAR e a partição do país não ser possível, segundo o CENSURADO Rasmussen, manda-mais da NATO que faz quatro dias comia as ervas e o campo todo, e uma delegação para a SOLUÇÃO POLÍTICA estar a trabalhar em Trípoli e Bengasi, DERROTA DOS EUA, sem que ZP e a feminista Chacón ordenem a volta à casa do pessoal militar das unidades para lá deslocadas. Financiam a GUERRA contra a Líbia que é a GUERRA contra as pessoas DESEMPREGADAS, em precariedade, contra as subidas dos salários e das pensões, contra a baixada dos preços e dos combustíveis, dos alimentos, da roupa, do calçado, etc. É uma GUERRA de ricos contra pobres e o PSOE-PP alinham-se com os ricos contra os pobres portanto ARRIBA OS POBRES DO MUNDO A MEIO DA INSURREIÇÃO.

Em Ferrol, Terça-Feira, 12 de Abril de 2011 COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 18:47


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930