Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GALIZA UNIDA PORTUGAL



Terça-feira, 16.12.08

O REINO DA ESPANHA E OS EUA TORTURAM E VIOLAM OS DIREITOS HUMANOS (distribuídas 320 folhas às 13 h. da 2ª F, 15 de Dezembro de 2008, porta Tax. Bazan)

A culpa dos métodos de tortura ensinados às tropas norte-americanas nos programas de treino nas Navy SERE Schools (waterboard ou «banheira» dentre outros), nas SERE (Survival Evasion Resistance and Escape) Schools, torturas praticadas e fotografadas em Abu Ghraib, Guantânamo e pelo mundo todo que violam a Convenção de Genebra e as leis internacionais, a culpa toda, já o sabem, é dos COMUNISTAS chineses que abusavam muito dos soldados «americanos» durante a sua guerra contra a Coreia. Uma conclusão lúcida e luzidia do Relatório de Carl Levin e John MacCain a encabeçarem uma Comissão do Senado dos EUA depois de reverem centos de milhares de documentos e entrevistarem mais do que 70 pessoas desde Janeiro de 2007. Um Relatório oficial feito para, condenando Donald Rumfelds e outros altos cargos, salvar, safar Bush, os seus sucessivos governos, cúpulas militares, partido republicano e outras pessoas como John Negroponte, organizações e instituições norte-americanas que se lhes for aplicado o que o seu fiscal, Robert H. Jackson, aplicou no Tribunal Militar Internacional de Nuremberga, acabariam enforcados como eles enforcaram Sadam Husseim e condenados para sempre como Hitler, o Terceiro Reich e a Alemanha nazi. Nós entendemos que assim o exige a Humanidade nomeadamente a proletária, a juventude (a insurrecta como a da Grécia), porque uma e outra vez fica demonstrado que essa brutal, genocida e permanente corrupção estadual é o resultado directo do SISTEMA CAPITALISTA cuja base é a GUERRA de agressão com a NATO, a guerra imperialista com todas as suas modalidades para dominar e espoliar o mundo, a DELINQUÊNCIA PLANETÁRIA reiterada, mais uma vez, na figura de Bernard Madoff, extensível a todas e cada uma das pessoas, organizações e instituições que regem a UE (o povo irlandês, como o galego, INSURREIÇÃO! tem a obriga de votar o que eles e elas queiram) e o Reino da Espanha onde, ao igual que nos EUA, se ensina e se pratica a tortura, e muito perto de vós, de nós, Infantaria de Marinha, BRILAT, etc. e não contra «detidos» baixo custódia dos EUA, não, contra o operariado e a cidadania galega; o caso das pessoas a defenderem as suas propriedades, casas, espancadas aberta e publicamente pela BRILAT é conhecido, o mesmo que o feminismo imperialista das paritárias do governo de ZP emperradas no ensino e envio de mais torturadores pelo mundo todo como a Carmo Chacón.
Que no Reino da Espanha se tortura não o dizemos nós, o diz, nada menos que o Comité dos Direitos Humanos da ONU no seu Relatório de 31 de Outubro de 2008 que vos fizemos chegar, Relatório de CONDENA reiterada do Reino da Espanha que VIOLA E CENSURA os Direitos Humanos nomeadamente o Protocolo Facultativo do Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos cujo artigo primeiro reconhece que o povo galego tem o direito de livre determinação para estabelecer livremente a sua condição política, o seu desenvolvimento económico, social e cultural; o artigo segundo estabelece que o povo galego pode dispor livremente das suas riquezas e recursos naturais (...). Em caso nenhum poderá privar-se ao povo galego dos seus próprios meios de subsistência (…) como durante um quartel de século El-Rei e os seus governos conluiados com Durão Barroso e a Comissão Europeia imposta por Bush à UE, levam fazendo com ASTANO e não apenas; e o artigo terceiro que OBRIGA o Reino da Espanha a PROMOVER o exercício do direito de livre determinação do povo galego e a RESPEITAR esse direito conforme as disposições da Carta das Povos das Nações Unidas (...) promulgando as pertinentes leis. A relação entre ASTANO PROIBIDO e os navios-sucata como o gasseiro de 32 anos que não pode entrar na Ria de Ferrol e o incendiado na Ria de Arousa EXIGE TODA A GALIZA EM COMPOSTELA A SE MANIFESTAR EM DOMINGO, 21 DE DEZEMBRO.
Tudo para que o PP, Fraga, Dolores de Cospedal, etc. e quem os serve, ZP, o seu governo, o seu partido e adláteres, SAIBAM que estão à margem da Comunidade Internacional, fora das leis internacionais, violando-as e querendo continuar às violar, portanto arguidos para os julgar e condenar conforme a elas e em risco de os ponderar e pendurar em concordância. Relaxem-se e desfrutem com a esperança de que a negociação com ETA não é o maior perigo para a UNIDADE, INTEGRIDADE, etc. da Espanha e para quem «constitucionalmente» as garante, as Forças Armadas de Terra, Mar e Ar, não, o perigo maior são os povos das Nações Unidas, o proletariado e os povos das nações, UNIDOS, DETERMINADOS E MOBILIZADOS para obrigar os EUA, a UE e Israel particularmente o Reino da Espanha a CUMPRIR as leis internacionais, dentre as quais a que legitima e legaliza, contra toda forma de opressão, o direito de INSURREIÇÃO.
Em Ferrol, Segunda-Feira, 15 de Dezembro de 2008
COMISSÃO PARA A REUNIFICAÇÃO NACIONAL DA GALIZA E PORTUGAL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por galizaunidaportugal às 16:41


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Dezembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031